Teresa Paulino e o “Red Fish”


DSC_0068

A escultora e seu marido assumem em exclusivo a actividade artística desde a Fonte Santa, concelho de Loulé.

Na sua juventude possuem coragem adulta, tanto maior quanto sabemos que a arte é amada ou odiada por quem dela pouco sabe, mas decide, valida ou paga.

É natural quem faz faça o melhor e quem recebe tenha opinião e, nem sempre goste. É assim a Arte! Aquilo que hoje não gostamos vai ser a marca dos tempos que estamos vivendo hoje.

Ora, com o seu trabalho na “1ª ArteMar do Estoril (Cascais), a Teresa Paulino obteve o cimeiro segundo lugar com o “Red Fish” construído a partir dos resíduos recolhidos do mar, só vencido pela “Plastic World”, talvez por ser mais fácil de entender palos votantes on-line (embora seja um significativo trabalho, também).

Aconselhamos uma visita ao site do evento para que sintam o orgulho do “sebastião” pelo feito desta nossa amiga!

19 comentários

Filed under Arte, Blogosfera, ssebastiao

19 responses to “Teresa Paulino e o “Red Fish”

  1. Leste

    Parabéns à escultora Paulino pelo seu prémio e obra. A arte é sempre admirada e odiada mesmo que se trate de Miguel Ângelo.
    A propósito da data que se comemora ainda, aqui fica a opinião de Daniel Oliveira /Jornalista comentarista do Eixo do Mal : A única coisa que lamento é que tantos comunistas queiram fingir, como a personagem de “Good Bye Lenin”, que nada aconteceu. A sua nostalgia nada tem de revolucionário. Porque se do comunismo enquanto poder sobra apenas um cemitério de estátuas decapitadas, falta-lhes fazer o luto e seguir em frente. Provavelmente na mesma luta que realmente os fez ser comunistas.

  2. Vivinho da Silva

    É confusão minha ou o Sebastião foi um dos grandes críticos da obra desta artista no coreto?
    Se criticou tem todo o direito pois uns gostam e outros não gostam, a artista é que sabe o que sentiu quando fez tais esculturas.
    Parabéns à Teresa Paulino pelo lugar obtido.
    Parabéns ao Sebastião pela divulgação destas notícias, vá-nos mantendo informados que a malta agradece.
    Vivinho da Silva

  3. Riso

    Tenho reparado, pois de vez enquando passo por lá, que continuam a visitar o Quiosque da Camila muitos fans da dita ou simplesmente mirones. Saudades da Camila? Sim quem as não tem? Era um blog inteligente e de humor corrosivo. Mas isso é próprio das sociedades democráticas. Em Inglaterra por exemplo basta ver o que os humoristas dizem da Casa Real. Só que em Loulé, a cabanita real, acha-se mais importante que as Casas Reais da Europa dita de civilizada.

  4. manoel

    Não substimanmdo a arte da escultora acho que não foi feliz com as estatuetas que fazem lembrar os bonecos de esferovite que colocam pelo Natal por essa cidade e que de tanto repetir enjoa. Manoel

  5. Meu caro Vivinho; não é confusão sua o ter lido por aqui que seria melhor a deslocalização do Coreto, o que aliás foi promessa do Sr. Presidente da Autarquia.
    Já quanto às peças escultóricas ou à escultora só com grande confusão sua encontrará crítica.
    Para mais, sendo medianamente cultos, devemos apoiar as Artes e enquadrá-las, se tivermos recursos para isso, no Espaço Público para usufruto colectivo e nunca leu opinião contrária aqui.

  6. Telmo

    Já eu não sou da mesma opinião. Os artistas em questão poderiam ter feito obra para o futuro e não para gracejo dos transeuntes. Eu não gosto. Mas há quem goste. Como tudo.

  7. Telminho

    Professor Almeida ainda há dias se dizia por piada aqui, que os cartazes da festa do Pontal ainda por aí estavam espalhados talvez para os fotografados se verem em cada dia dado que a vaidade é coisa que não falta no Psd local. Passados todos estes meses lá foram enfim retirados os tais hilariantes cartazes. Quem vem tarde não falta. Parabéns ao Sebastião que alertou para a risada que era tudo aquilo.

  8. Lagrima

    Carpe Noctem! “A grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu carácter ambíguo, que deixa o espectador decidir sobre o seu significado.” (Theodor Adorno). Parabéns Teresa Paulino. Bem hajam.

  9. OVERLOAD

    Almeida você está perdido…

  10. Amigo

    Para a Lágrima do Poder :

    Engraxadores sem caixa
    Há aos centos pela cidade
    Mas usam dessa tal graxa
    Que envenena a sociedade

    A.Aleixo

  11. Escutador

    Outra obra de arte mas esta pura vergonha. «”Uma pessoa pode estar preocupada, mas coisa diferente é fazer declarações públicas para a comunicação social e eu já tive ocasião de vos dizer que devemos deixar a cada um dos órgãos, neste caso órgãos judiciais que têm as suas competências e responsabilidades em fazerem aquilo que lhes compete fazer”, afirmou hoje Cavaco Silva, quando questionado se está preocupado com o processo Face Oculta.» [Diário de Notícias]

    Parecer:

    O estranho é que Cavaco nunca se manifestou preocupado com o caso BPN. Entre os dez mil euros do Vara (que só os procuradores acreditam) e os dois mil milhões de euros do BPN Cavaco opta pelos dez mil, mas que ridículo!

    Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Cavaco onde pretende chegar.»

  12. Lagrima

    Caro “amigo” do versito do Aleixo não percebo a sua dedicatória mas obrigado na mesma. Para eu “engraxar” teria de me identificar e não o estou a fazer, pura e simplesmente, porque não é o meu objectivo e não ganharia nada com isso. Lamentavelmente, neste blog temos de pertencer todos ao contra, contudo, temos pena, mas eu não vou em balelas. Continue a ler Aleixo pode ser que aprenda alguma coisa com ele. Na verdade, as pessoas lêem Aleixo para usar as suas quadras de cariz social como arma de arremesso e isso é um bocado limitativo da sua obra e da sua grandeza. Bem haja.

  13. Oscar Alho

    Oposição sem caixa
    Há em Loulé mais de mil
    Pena estarem de baixa
    Ou fugidos no Brasil

  14. Jota

    Ai Aleixo Aleixo, se fosses vivo, hoje não escreverias uns versitos, talvez uns para agradar a uma certa intelectualite de que nós não fazemos parte, nomeadamente àqueles que só discutem os assuntos com iguais ou superiores, o resto são gente sem a menor importância. Se fosse hoje, escreverias uns versos dedicados ao feijão frade, e de preferência em latim, para que só os intelectos os compreendessem, o resto do zé povinho, são todos uma cambada de analfabetos. Mas sabes Aleixo, nós podemos ser analfabetos e não “compreender” certas coisas, mas não somos estúpidos!

  15. Lagrima

    Caríssimo Jota desde já julgo que lhe falta essencialmente sabedoria para ser humilde. Ao contrário do que possa parecer não gosto de brincar aos intelectuais, contudo, não perco o meu tempo com pessoas que nada de novo e de sapiente me podem oferecer. Considero António Aleixo um bom poeta popular, no entanto, a verdade é que “mais vale cair em graça do que ser engraçado” e o Aleixo caiu em graça devido à acidez social do seu versejar. Ainda assim, é me permitido não o ter como ídolo pois aprecio pouco pessoas “desbocadas” e com tendências destrutivas socialmente apenas porque não tiveram capacidade de vingar na vida. Se me disser que o Sr. Aleixo era doente eu aceito a sua afirmação mas isso não faz dele o dono da verdade e o mártir de uma sociedade que nem sequer era a da terra que o deu à luz. O Sr. Jota pode até não ser estúpido mas que lhe falta compreender o essencial da existência isso falta-lhe. Carpe noctem! (Post scriptum: Da próxima vez seja mais contundente no seu comentário, a clareza nunca ficou mal a ninguém)

  16. PAPOS`SECOS

    Quem ali passa pensa os bonecos do carnaval já ficam de um ano para o outro, já não há ideias novas para os substituir?

    • mary

      Carnaval como o de Loulé faz-ze em qualquer parte do país e até do mundo. Quantas homenagens conhece às bandas que há alguns anos atrás animavam as vilas ?
      As esculturas no coreto de Loulé são uma forma de “memória “da nossa cultura. É tempo do Algarve apostar na cultura, na sua história e não só no clima no mar e no betão.

  17. Maria

    Para saber mais sobre a Teresa Paulino por favor visite http://www.teresapaulino.com

  18. Concordamos Mary! Mas, para ser mais lida esta sua opinião, devia ter utilizado o conteúdo mais recente sobre a escultora. Se desejar pode endereçar o texto para o mail do blog que se encontra na barra vertical direita do mesmo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s