Infância longínqua mas presente.


Completará 40 anos esta rábula dos “Marretas” (Muppet show) mas, é ainda, uma alegoria à penetração da mensagem, muito actual ainda.

Mostra como fácil é seguir a música e como se quebra o consenso logo que varia o ritmo. Temos saudades dos Marretas!

8 comentários

Filed under Arte, Blogosfera, Juventude, ssebastiao

8 responses to “Infância longínqua mas presente.

  1. Lagrima

    Carpe Diem caríssimos. Como alguém disse um dia “Há sempre uma criança dentro de cada um de nós”, isto é, a infância está, e estará, sempre presente nas nossas vidas ainda que nos consideremos adultos inveterados. “The Muppets Show” marcou não uma, mas várias épocas, e não podemos controlar o riso ao ver peças como esta que o Sr. Almeida aqui colocou. Relativamente à mensagem do vídeo considero que todos devemos (temos a obrigação) de seguir o nosso ritmo, seja este partilhado pelas massas ou não. Porém, mantendo-me sempre fiel aos meus valores, considero que tudo o que não entrar numa visão fundamentalista está correcto, ou seja, “dançar no mesmo compasso” só para agradar é errado, no entanto, estar sempre a “quebrar o ritmo” por mero gozo pessoal e por uma questão de fanatismos também não está correcto. O meu raciocínio resume-se à máxima “In medio virtus” (= No meio é que está a virtude”), contudo, sei bem que o meio-termo nunca ou raramente é atingido. Uma das imperfeições do ser humano. Desejo uma boa semana a todos.

  2. vilarinhos

    Será que uma anedota cai mal neste post do Professor Almeida que certamente também gostará de rir um pouco como todos nós ?
    —–*Uma loira belezona ia atirar-se da ponte 25 de Abril, quando aparece um marinheiro:
    – Eh, pá, miúda, não faças isso!
    – ‘Sim! Vou atirar-me! A minha vida é uma desgraça!’
    – ‘Não faças isso! Olha, o meu navio está de partida para o Brasil. Porque é que não vens comigo e pensas melhor durante a travessia? Chegando lá, se ainda te quiseres matar, pelo menos ficaste a conhecer o Brasil.’
    A loira achou a proposta razoável e seguiu com ele para o porão do barco, onde viajaria clandestinamente.
    Durante duas semanas o marinheiro visitava a loira à noite, levava-lhe comida e água e dava-lhe uma qu…..a.
    Todos os dias, comida, água e pimba.
    Um dia, o comandante fez uma inspecção ao porão do navio e descobriu a loira.
    Ela não teve outra alternativa senão contar-lhe a verdade:
    -‘Sabe, Sr. Comandante, eu estou aqui a viajar para o Brasil, porque um marinheiro salvou-me da morte. Todas as noites ele traz comida e água e, como agradecimento, eu deixo-lhe dar-me uma qu….ca. Fizemos este acordo até chegarmos ao Brasil. Ainda falta muito para lá chegar?’
    —– Não sei, minha linda menina. Mas enquanto eu for Comandante, este barco só faz a travessia Cacilhas – Cais do Sodré e volta.’* hahahahahahahahahahahahaha. Boa noitinha – Vilarinhos

  3. Batman

    Depois de se ter percebido que os dez mil do Vara foi uma mentira contada em simultâneo por vários jornais (mas que grande coincidência criativa!) e já terminadas as gargalhadas depois de todos percebermos que, afinal, a PJ continua a não dispor das tecnologias de escutas vendidas pelos israelitas, eis que se fez silêncio no caso Face Oculta. Agora os especialistas em contra-informação que lançaram esta grande campanha de intoxicação da opinião pública devem estar a avaliar os estragos que provocaram e a meditar quais os próximos passos que devem dar.

    Agora que tentaram assassinar politicamente o seu adversário político não lhes resta outra coisa senão acabar por o destruir não vá o diabo tecê-las e virem a ser desmascarados e terem de pagar pelo que fizeram. Esperemos pelos próximos episódios da telenovela Face Oculta, que até é menos previsível do que a novela Freeport, aqui não há um DVD a seguir de guião. Os nossos fascistas de toga estão a aprender, mas começam a correr mais riscos do que esperavam, desta vez a opinião pública não engoliu a mentira. O jumento

  4. Luís Furtado

    Viva Almeida. Deixei no Don Payo os Posteres assinados para os teus alunos e outros. Não os contei mas ainda são umas boas dezenas. Abraço. L.F.

  5. Z.Fernandes

    Parabéns Batman. Há por aí uns fascizóides que querem a cabeça de alguém porque esse alguém tentou tornar mais igual a sociedade portuguesa. Falta ainda muito. Claro. Mas só o começar deu nisto o que fará se se mudasse o que se tinha de mudar. Eram capazes de contratar os Bin Ladens não ?
    Senhor Almeida recordar os Marretas numa época destas tem lógica sim senhor. Com os marretas que existem por aí começando na nossa terra não lhe digo nada.
    Tenho saudades destes fantásticos bonecos televisivos. Apesar dos meus 42 anos já me sinto um pouco da idade da pedra da televisão lol lol lol. Cumprimentos ao auditório deste simpático e inteligente blog.

  6. Jorge

    A versão de “Bohemian Rhapsody” pelos Marretas.

  7. Jorge

    Dois flagrantes exemplos de fanatismo político: O Batman e o Z. Fernandes. Tudo para eles é conspiração, espionagem política e todas essas coisas mais com que o PM e apaziguados se vitimizam. E ai daquele que não concordar: simplesmente não passam de fascistas!!! Hoje descobri que sou fascista!!!

  8. bruxinha voadora

    Ora bem são laranjeiras que o hospital tem e já com fruto! Boa ,falaram tanto que já la tem árvores !E agora? ides ficar calados e pensar para convosco que o protesto deu em algo? Ilusão! Caro Almeida como já li por aqui muita coisa sobre o assunto (e porque aquelas árvores e aquele hospital onde nasci e que foi a minha 2 casa diariamente ate por volta dos 15A ) mas não estou de nada clarificada,se puderes e saberes por favor rep:Foi comunicado que tal ia acontecer em alguma reunião? Foi tomada alguma atitude da parte da oposição? Qual a causa encontrada para tal decisão? Porque ? Haverá consciência do quanto bem elas fizeram a milhares de pessoas ao longo dos anos…..Dói aqui dentro ……mas tudo passa ! mudando o tema tem seguido na SIC o debate Plano inclinado verdade nua e crua do nosso Pais vale a pena espreitar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s