Antes laranjeiras que aridez!


Mostrada a obra nova, pois que do velho Albergue pouco se encontra, voltam as árvores alinhadas com as faces nuas do alçado e presumivelmente de menor porte que apresentavam os jacarandás abatidos. Assim, nunca no futuro, o feito de hoje ficará escondido!

Quanto às laranjeiras, que agora são sete (mais uma!), aparentam ter sido “salvas”, o que é um sinal positivo. Justifica-se a suposição aqui feita de que seriam oliveiras as escolhidas e essas também seriam replantadas. Em qualquer dos casos provava-se que existiu cuidado de salvaguarda de espécies em viveiro, o que é justo reconhecer e é uma boa notícia!

O que temos escrito foi comprovado à evidência com mais este caso: Protestamos contra a manipulação arbórea por motivações decorativas e arquitectónicas (baseada na geometria, no caso da Avenida). Fica provado, uma vez mais, que a motivação dos abates se regeu pela vontade de mostrar obra, o que configura uma apetência para a “limpeza genética” (higienização) que é assustadora de tão predadora se demonstrar, de tão “moca” e avassaladora ser, é perigosamente irresponsável com o ambiente urbano e a saúde pública.

Quanto ao projecto arquitectónico (de que depois falaremos em pormenor) deixamos apenas uma nota para o debate preliminar: – Só a Capela faz recordar o antigo património!

5 comentários

Filed under Blogosfera, Loulé, Opinião, Oposição, ssebastiao

5 responses to “Antes laranjeiras que aridez!

  1. Lagrima

    Carpe Noctem! Por um lado, a vontade do Homem em querer mostrar a sua obra não passa de uma atitude egocêntrica, no entanto, por outro lado, é igualmente uma aspiração legítima. Deste dilema depende uma questão muito importante: O Homem tem escrúpulos quando adopta essa atitude simultaneamente egoísta e justificada? A resposta é triste e dura: Raramente são consideradas as consequências para atingir tal objectivo. Assim sendo, em Loulé, como em quase todo o lado, alguns aspectos são menosprezados em prol de outros que surgem como mais elevados e pioneiros. Lamentavelmente, esse é um erro crucial pois o carisma é efémero enquanto que a necessidade de espaços verdes e de oxigénio é permanente para a nossa existência. Condeno a perseguição “sem escrúpulos” que se tem feito aos espaços verdes em Loulé, assim como condeno a política de marketing que apenas visa o dia de hoje e esquece o vindouro. Sr. Almeida fazendo jus à minha independência dou-lhe desta vez os meus parabéns considerando a sua critica justa e pertinente. Enfim “Quae sunt Caesaris, Caesari” (= A César o que é de César).

  2. louletano

    Excelente post Professor Almeida. Tudo o que diz é verdade. A verdade nua e crua como nua é a paisagem que vimos agora na clínica que já foi hospital para pobres.

  3. Lagrima

    Carpe Diem. Caro Sr. Almeida sei que em nada se relaciona com o assunto das laranjeiras, no entanto, queria lembrar que hoje se assinalam 29 anos sobre a trágica morte de Francisco Manuel Lumbrales de Sá Carneiro. Continuam por esclarecer as causas do acidente que vitimou este grande estadista, porém, “Semper flamma fumo proxima est” ( = onde há fumo, há fogo). Enfim, lembre-mos Francisco Sá Carneiro como fundador de um dos maiores partidos políticos da História de Portugal, o PPD/PSD, assim como alguém que embora enquadrado no contexto salazarista pugnou pela sua sucessiva democratização. De salientar também a Aliança Democrática e o grandioso esforço para encontrar a melhor solução política para o País numa altura tão conturbada da sua História. Zelemos para que de futuro não se repitam os “Camarates” sem nexo e sem explicação. Bem haja Francisco Sá Carneiro onde quer que se encontre. Um bom fim-de-semana para todos!

  4. Um dia bom Lagrima; não sei como o conseguiu mas acaba de antecipar aquilo que tenho previsto para mais logo, pela noitinha… “O desaparecimento do mais digno!”.
    Tenho várias notas, mas irá ser “ao sabor das teclas”, que é mesmo como a emoção flui melhor!

  5. Que aspecto mais «higiénico» (à falta de melhor palavra), que ganhou o nosso antigo hospital!… não o estava a reconhecer…
    Cumprimentos,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s