Sida e Viagra nos Seniores


Estudos recentes indicam o aumento de casos de HIV/ Sida na população senior que poderá estar relacionado com o consumos de Vigra ou Cialis associado a recusa, por falta de hábito, do uso de preservativo e à euforia dada pelo “químico” em quem já havia “esquecido fantasias”.

Parece graça, mas os mesmos estudos indicam que é neste grupo populacional que a infecção mais tem crescido, sendo motivo de preocupação, exigindo o reforço de informação e campanha direccionada a esta faixa etária.

16 comentários

Filed under ssebastiao

16 responses to “Sida e Viagra nos Seniores

  1. Jorge

    “Abundans cautela non nocet.” O meu comentário em latim. Como não sei o que significa aguardo que o Lágrima faça a respectiva tradução…

  2. turco

    Hotel passa bigode à nossa Câmara —–Numa campanha inédita, o hotel Hilton, de Vilamoura, lançou uma campanha para a defesa da floresta.

    Neste «Projecto Floresta Unida», os hóspedes são convidados a contribuir com 14,50 euros para que seja plantada uma árvore que ficará a salvo de desflorestação durante 30 anos.

    O hotel encarregar-se-á da selecção, plantação e defesa das árvores adquiridas através desta campanha.

    Ainda bem que há no concelho quem promova a florestação. Para desflorestar chega-nos a câmara…
    Blog do Calçadão de Quarteira. E esta hem ?

  3. nata

    Snr. Almeida o Mundo Sénior fala precisamente neste aspecto dos séniores estarem a caír na esparrela. Estudo revela que uma em cada oito pessoas infectadas pelo vírus da Sida tem mais de 50 anos.

    Para assinalar o 20.º aniversário, a Liga Portuguesa Contra a Sida vai lançar novos projectos em 2010, que se destinam, sobretudo, à prevenção da Sida entre os idosos e as mulheres. A presidente da Liga, Maria Eugénia Saraiva, lembrou um estudo coordenado pelo Hospital da Universidade de Coimbra que mostrou que uma em cada oito pessoas infectadas pelo vírus da Sida tem mais de 50 anos. “É uma percentagem ainda pequena, mas que tende a aumentar”, afirmou, alertando que existe uma “falsa crença de que os idosos não têm uma vida sexual activa”.

  4. Sempre em pé

    A verdade é esta. A Tes…. é ceguinha. Perde-se a cabeça e depois é que são elas. Tenhamos todos mais cuidado com os calores lá por baixo. Sempre em pé.

  5. kopos

    O sempre em pé tem razão. Os calores quando surgem cegam até um santo. POr isso mesmo os conventos estão vazios. É que um homem não é de pau na é verdade ? Kopos

  6. John

    Ainda falam mal destes tempos. Onde é que um qualquer idoso impotente, há uns anos a trás tinha possibilidade de manter uma relação saudável sexualmente falando? Para muitos era o fim e a depressão total. Para quem foi activo uma vida é dolorosos sentir-se um inútil nesse aspecto. E até porque esse é um factor mais importante para o homem de todas as épocas. Viva os tempos modernos.

  7. Astor

    A impotência é tabu. Estatísticas americanas calculam que 52% dos homens do país entre 40 e 70 anos sofram de disfunção erétil leve ou grave, mas a Associação de Urologia dos EUA afirma que apenas 5% procura ajuda. Ainda há constrangimento nos consultórios, vergonha nas farmácia e medo da morte associada á droga e, sobretudo ao preço: embora haja genérico um pouco mais baratos, uma caixa com 4 comprimidos de Viagra custa ainda quase 50 Euros.

  8. Acto

    A Sida continua a ser um problema grave embora se esteja a tornar numa doença crónica. O que quer dizer que um doente pode fazer a sua vida com medicamentação. Mas todo o cuidado é pouco tanto para os jovens como para os menos jovens.

  9. Hiltin

    Eu apesar dos meus 56 anos posso dizer que tenho uma namorada com 19. No amor não há limites. O que deve haver é o cuidado necessário para não se contraírem doenças e para isso já todos sabem que a higiene e o preservativo são irmãos. Amor para sempre com todos e por todos. A nossa época é uma época de grandes avanços em muitos aspectos apesar de tudo o que conhecemos e que que grande parte da comunicação social trata de mandar cá para fora envenenando as nossas mentes para que não sejamos felizes. O que eles querem é o lucro à custa do nosso envenamento psicológico. Hiltin

  10. Father

    O homem e a mulher não foram criados para o gozo sexual. Já devieis saber isso há muito. Mas o mundo hoje entrou em devassidão e poucos se importam com isso. Quando chegarem ao Juízo Final e levarem com o badalo de S. Gervázio logo piam.

  11. Pois na verdade “Cautela e caldo de galinha nunca faz mal a ninguém” (Abundans cautela non nocet) como diz o Jorge, podem ajudar a evitar um grande problema depois do prazer.
    Bom mesmo é a HIV/Sida ser agora uma doença crónica que pode ser controlada com medicação adequada. Mau é ser ainda um estigma que origina afastamentos e silêncios!

  12. Lagrima

    Carpe Noctem. Os idosos são na nossa sociedade afligidos por uma série de problemas que marcam a vida contemporânea e que, em certos casos, atropelam completamente aqueles que caminham para o final da existência. O aparecimento de um “remédio” que permite garantir uma vida sexual relativamente activa por mais tempo foi sem dúvida uma mais valia, no entanto, como em qualquer situação, existem evidentemente algumas circunstâncias em que a sua administração pode tornar-se negativa. Não sei se já se fizeram estudos nesse sentido mas há aqueles que dizem que o seu uso em excesso é prejudicial à saúde. Outra das questões é esta situação dos casos de HIV terem aumentado nas faixas etárias mais velhas. Evidentemente, que quem nunca usou um preservativo na vida tem relutância em usá-lo numa altura do percurso existencial tão tardia, sendo que muitos idosos acham até que essas doenças são coisas de jovens e que basta não lidarem com pessoas assumidamente afectadas que não correm risco nenhum. Já sem falar na grande falta de conhecimento do que é a Sida e da forma como esta realmente se transmite. Mais uma vez evoluiu-se em termos de medicina, contudo, as mentalidades não acompanharam o ritmo e existe um desfasamento que acaba por ter consequências desastrosas. Geralmente em Portugal introduzem-se melhorias mas não se explicam às pessoas as mesmas e estas dividem-se entre a repulsa e a adesão inconsciente decorrentes da falta de esclarecimento. Cabe a nós, mais jovens, tentar alertá-los para os perigos eminentes deixando de lado os tabus que ainda existem no diálogo entre gerações.

    Post Scriptum: É evidente que o Jorge sabe que a cautela nunca é em excesso, nomeadamente quando se fala de algo tão sério como é a Sida. Lamento que seja mais um a embirrar com o latim, contudo, isso não me fará render às miudezas do inglês, nem tão pouco ao bacoco francês. Eu gosto de latim e vou continuar a usá-lo quando assim entender pois “Omnes sibi prius quam alteri esse volunt”. Esta fica para o Jorge traduzir.

  13. comerciante

    De Viagra precisava a nossa Câmara. O comércio está morto. O grande cento comercial de lojas que tinha Loulé, dos maiores do Algarve está reduzido a um punhado de lojas. Deixaram construir 5 grandes superfícies que destruíram o comércio local. Loulé é uma pequenina cidade e não há capacidade para tanta grande e média superficie. As lojas não têm safa. A crise é geral sabemos. Mas Loulé o concelho mais rico do Algarve é um dos que mais sofrem e poderia ser o chamariz. Eles lá arranjam as passadeiras vermelhas mas isso já há em todo o lado assim como as luzinhas multicolores. Tudo o que esta Câmara faz e diz que é para salvar o comércio, é apenas a consicência pesada por terem rebentado com os pequenos comerciantes. O povo assim o quis. É verdade. Que sejam todos muito felizes mas não façam choradeira cada vez que se fala nisso.

  14. Neninha

    Ainda hoje tive que fazer compras em Faro quando poderia fazer na minha terra mas o que procurava não consegui aqui.Tive de me deslocar a Faro onde encontrei mas fiz mais despesa e poderia ter ajudado o comércio da minha terra. Mas é assim Loulé caminha para a cidade/aldeia.

  15. louletano

    Não tem a ver com o tema mas queria chamar a atenção de que vi quando estavam a ornamentar o larguinho da Universidade que puseram barracas a tapar a entrada do Instituto Universitário INUAF. Acho que é uma falta de sensibilidade e desrespeito por uma Universidade que deveria ser tratada pelas autoridades municipais com dignidade. Fachada e porta tapada com um qualquer barracão não sei de quê. Quando se pensam estas coisas não há ninguém que veja isso? A sensibilidade desta gente está só nos grandes cartazes de 30×60? Espero que tenham já resolvido essa vergonha. Mais uma. Ainda lá não passei agora depois de estarem a funcionar os jogos dos míudos. Mas espero que tenham retirado esse tapume horroroso. Louletano mais descontente.

  16. Jorge

    Caro Lágrima: até leio os seus comentários com interesse. Simplesmente acho despropositado o uso do latim em comentários neste blogue. Mas tudo bem…continue a puxar a brasa à sua sardinha…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s