Estátua…


Esta é uma pequena, mas merecida, homenagem ao inglês que há anos derrama serenidade e gosto expressivo nesta Cidade.

É copiado mas o seu génio é inconfundível!

8 comentários

Filed under Arte, Consumo, gente, Loulé, S. Sebastião, ssebastiao

8 responses to “Estátua…

  1. Vimeiro

    Por se falar do homem estatua/palhaço e com muita dignidade, falemos da Snrª Dona Zeze Nogueira Pinto – É evidente que o mandato de deputada da Sua Ex.ª. Dra. Nogueira Pinto vale mais do que o do “melga”, a primeira foi eleita por gente fina, o outro foi eleito por gente rasca, aliás, é uma pena que não haja diferenciação do números de deputados eleitos em função do rendimento per capita. Fazia todo o sentido que a Quinta da Marinha elegesse dois ou três deputados enquanto Alfama se ficasse pela escolha do presidente da junta, é inaceitável que alguém que veste Boss e se perfuma com Dior esteja tão representado como o que usa ténis com cheiro a cholé, comprados da loja do chinês.
    Na génese das ditaduras está este conceito de superioridade de um grupo social, esta abordagem nem sequer é um exclusivo da direita, Álvaro Cunhal chegou mesmo a escrever um livro com o título “A superioridade moral dos comunistas”.

    Note-se que este tipo de valores não se manifesta apenas na política, compare-se a forma como o nome de Armando Vara e o de Horta e Costa foram tratados pela comunicação social e pela própria justiça, de um dizem coisas que não provaram e foi o que se viu, ao outro que participou num negócio de milhões quase lhe pediram desculpa por o terem acusado. Há uma grande diferença entre nascer numa aldeia transmontana ou em Cascais, uns são gatunos, com os outros deve haver engano, um é condenado muito antes de haver provas e acusação, o outro vai a tribunal para ter a oportunidade de esclarecer tudo. O Jumento –

  2. Artini

    Tem razão O Vimeiro. Este país está dividido entre os bons e os maus. Mas os maus são sempre os mesmos e todos da mesma cor. Há qualquer coisa aqui que merece a palavra VERGONHA.

  3. bia

    O Inglês que se esforça por animar as terras de Loulé merece o nosso aplauso.
    Bia

  4. Paul

    Os artistas sao por vezes olhados como inferiores. Porque somos ignorantes. Ainda nos resta a quase todos nós resto da herança salazarenta.

  5. Duna

    Maria José Nogueira Pinto não precisa de máscara nem de se colocar no meio da rua ela representa um tipo de mulher beatona sem pingo de sinceridade e que esta sociedade ainda alimenta.

  6. Joka

    Gosto de ver os artistas de rua apesar de serem olhados como ciganitos sem eira nem beira por muito boa gente que não vale um tostão dos antigos.

  7. mestre B

    Embora haja uma certa repetição neste tipo de arte é sempre interessante e dá vida à cidade, aliás aldeia. Loulé continua a ser a nossa aldeia com alguns parolos mas também com gente muito educada e interessante. É preciso saber distingui-los. Mestre BT

  8. Eva Gina

    Esta estatua faz-me lembrar a oposição nos ultimos 4 anos, imóvel, parada, improdutiva, sem nervo, precisa realmente de ser iluminada, talvez luz divina viesse a calhar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s