Cogumelos Silvestres…


Cogumelos comestíveis recolhidos pelos participantes. Foto: ssebastiao

Uma saudável acção de campo para muito citadino “gourmet”, foi levada a efeito pelo Núcleo Regional do Sul da Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente que tiveram o precioso auxilio da Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão.

Além de saudável foi muito informativa e convivial… deu a conhecer um interessante recurso serrano que pode ser complementar das actividades agrícolas e constituir um rendimento interessante se for aproveitado de modo sustentável e esclarecido.

Ana Frutuoso e Norberto Santos, esclarecendo a atenta audiência!. Foto:ssebastiao

… Ali, e na hora, até parece que é fácil distinguir as boas espécies alimentares, ouvindo quem “a fundo” os estudou, os conhece pelo nome, conhecendo-lhes os hábitos, odores e sabores.

Mas, nada disso!

Ficou claro que sem um Guia, conferido por outro Guia, sem uma cuidada observação e corte prévio (quantas vezes aguardando a mudança da cor dos tecidos, surgimento de manchas, presença de leite, …), levá-los à boca: Nunca!

Concluiu-se a necessidade de partilhar saberes e promover o conhecimento deste recurso florestal que pode ser tão saboroso quanto mortal!

Entretanto é já domingo e, antes que murchassem, cozinhámos a porção de cogumelos comestíveis ( Cantharellus Cibarius ) que nos coube na distribuição…

Depois de bem lavados e picadinhos foram para a frigideira com o azeite bem quente e alhos…

adicionámos umas pedritas de sal e uns pós de pimenta branca. produziram bastante molho mas, dois minutos em fogo forte, ficaram carnudos e saborosos, os melhores que recordamos de ter consumido!


1 Comentário

Filed under Algarve, Cidadania, Comércio, Consumo, Ensino, Loulé, ssebastiao

One response to “Cogumelos Silvestres…

  1. Sousel

    Bom post e bons cogumelos silvestres.
    Um bom artigo é o de Daniel Oliveira no Expresso:
    O que tantos queriam e outros temiam aconteceu. Um semanário divulga informações sobre o conteúdo de escutas incriminatórias para José Sócrates. Chama-lhe, vá-se lá saber porquê, investigação. Prepare-se para o maravilhoso mundo novo: tudo o que diga, mesmo que não seja julgado pela lei por isso, pode ser publicado. Está satisfeito? Chegará a sua vez.
    Daniel Oliveira (www.expresso.pt)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s