A Escola “Limpou Portugal”!


Ocorrendo com vontade e energia, foram 24 os alunos do Agrupamento Vertical Engº Duarte Pacheco de Loulé, com idades entre os 6 e os 14 anos, que organizados por quatro adultos, 2 professores e 2 encarregados de educação, milhentas vezes se dobraram para manualmente recolher toda a espécie de detritos que se foram amontoando por todo o recintos escolar, cavaram retirando a terra que obstruia os colectores pluviais, varreram e ensacaram, triaram… e, a tarefa não concluiram, mas adoraram!

A limpeza, interior e exterior, foi executada com muita dedicação e critério. O verde que invadia o passeio público foi aparado até o caniçal que ocupava o passeio foi cortado. Para as crianças foi o primeiro contacto com os apetrechos de jardinagem e… apoiado por um botânico!

A tarefa foi “ampliada” com a “ajuda de um desconhecido. Esse aproveitou o “dia” para se libertar de residuos à porta da Escola! (?)… É claro que também esses foram recolhidos, e eram trabalhosos e noçivos: Vejam melhor!

Bebidas alcoólicas deixadas à Porta de uma Escola!!!!

Conclusões da Iniciativa:

1 – São necessárias mais jornadas até que se consiga a completa limpeza do Recinto Escolar;

2 – Houve a disponibilização para novas acções em contexto escolar;

3 – Foi lamentada a falta de limpeza diária na Escola, embora se saiba que a mesma não dispõe de pessoal para essa tarefa;

4 – Foi também lamentada a falta de cuidado e a irresponsabilidade geral com os resíduos.

É, portanto, provável que nos próximos tempos decorram acções semelhantes para conclusão daquilo que hoje o não foi!

10 comentários

Filed under Cidadania, Ensino, Loulé, salubridade, ssebastiao

10 responses to “A Escola “Limpou Portugal”!

  1. Excelente iniciativa e excelente post. Parabéns!
    João Martins
    Macloulé

  2. Obrigado João!
    Deves imaginar que não foi fácil, na fase final quase fomos engolidos pelos “organismos” que não desejando ficar de fora, acabaram por via dos apoios, por se apossar da iniciativa!
    Para mais, no que me toca, fiquei afastado de outros assuntos importantes do burgo… que acompanho mas, mantendo o critério de um post por dia, deixo alguns assuntos para depois. Acabo, por isso, por reagir atrasado e já nem respondo a “picadelas” maldosas. É a vida!
    Tratarei das Tílias que restam e do “malfadado projecto” de requalificação de Loulé que agora se vira para a Praça da República.
    Daqui a três semanas aquilo será um “campo de batalha” igual à Avenida e ao Largo de S. Francisco!
    Aguardarei pela Oliveira centenária que será a nossa “Árvore do Centenário da República” para, então reagir ao novo massivo ataque… entretanto o Miguel Rodrigues já está a responder no “Árvores de Portugal” e no “MacLoulé” (se o não conheces: é o que orienta o desbaste das eras da vedação no post do “sebastião”).
    Faz-se o que se pode e se sabe!

  3. Melro

    Foi um grande dia para quem ama a Natureza e as suas cidades, aldeias e vilas. Parabéns.

  4. Zarco

    Uma limpeza de norte a sul demonstrando que todos nós temos a nossa parte de responsabilidade no mundo que nos rodeia. Bons êxitos.

  5. Leonor

    A Escola limpou Portugal e a nossa Câmara limpou mais uma árvores da Praça da República numa acto tresloucado como tem acontecido há anos nesta terra sem que os pobres dos louletanos tenham coragem para dizer NÃO. Em nome de que modernização se fazem estas guerras?

  6. Kinus

    Um arrepio pela espinha foi o que senti esta tarde quando passei pela Praça da República. Um nojo. Vão fazer Obras?. Vão estreitar a rua ? Vão alargar passeios? Vão matar as árvores que todos amamos de há tantos anos? Quem é o responsável? Onde estão as Leis?

  7. Aldin

    A malta a limpar Portugal e eles a limpar a Natureza do que melhor ela tem. Mesmo que plantem arbustos para patego ver quem paga por esta pouca vergonha? Aldin

  8. Sardinha

    Os portugueses a LIMPAR PORTUGAL exemplar, O governo a limpar carteiras exemplar, e hoje dia 21 de março a C M Loulé a limpar pela raiz as árvores da Praça da Republica lá se foram as Tilias que todos nós gostavamos nos solarentos dias de verão. Não há consciência, e agora vão plantar outras? Ou colocar bancos para as pessoas se sentarem e apanhar um solinho. Exemplo só praticado no Algarve por esta câmara. As palmeiras secas que têm milhões de escravelhos que as matam ninguém as tira, e falo em palmeiras de jardins públicos.

  9. Saiba Sardinha; que embora nem sempre concordemos com as suas opiniões, esta de hoje vem ao encontro do nosso pensar. Melhor dito: Da nossa revolta por este Dia da Árvore Louletano… repugnante!

  10. Sardinha

    Eu sei que nem sempre concorda mas quando faço um comentário faço eu não por pensamentos alheios e é o meu ponto de vista. Sei que ninguém pode agradar a gregos e troianos. Sobre as árvores todos nós conhecemos o ARQ. João Pedroso que andou a por folhas A4 nas árvores na Av. em Quarteira para não as matarem. Exemplar! Agora fez um projecto do novo Parque de Campismo nas Pereiras de Quarteira numa área de muitos (+-) 15 hectares com pomares de laranjeiras. Quando fizerem as obras ele não vai colocar as ditas A4: NÃO ME MATEM? Mas vão destruir centenas de árvores, estas não contam? Talvez com comentários como este não concordem. Há muitos IKEA no concelho mas o dinheiro transforma as pessoas e essas têm atitudes muito diferentes do que transmitem quando falam. Bem Haja

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s