Consternação e espanto!


Foi um serviço fúnebre singular aquele que hoje aconteceu na Praça da República!

Naturais, residentes e turistas prestaram a sua sentida homenagem perante a permatura partida das queridas e benfazejas tílias, na sua primeira idade, foram condenadas à morte… por decreto técnico-administrativo sem apelo.

Comoventes os sentidos manifestos e os discursos, alguns passados a escrito no Livro de Condolências que iremos, dia-a-dia, aqui revelar.

Tranquilizem-se os humanos tementes que as árvores se lhes equivalham pois tal nunca sucederá…“muitos homens assistem ao crescimento de uma árvore, mas esta contemplará e servirá muitíssimos mais!”

Declamado no local, foi, este poema:

Knowing Of A Tree

It is a good thing indeed

When someone plants a seed

And to watch and help it grow

So someday, it to be a tree.

It is a good thing in truth

When a tree brings forth its fruit

Or to shade someone’s head

Or its branch be a robins nest.

It is good when a tree is used

By nature, or by me or you

To protect or shelter lives

For a tree; it never dies.

A tree is someone’s home

A tree is someone’s good book

A tree is never alone,

For to know a tree, all you do; is look.

It is good to plant a tree

It is good to plant a seed

For someday it will be grown

And a tree, will be know.

Randy McClave

… e, agora em Português:

Saber de uma árvore…

É uma coisa boa mesmo

Quando alguém planta uma semente

Para assistir e ajudar a crescer

Então, algum dia, ser uma árvore.

É uma coisa boa, na verdade,

Quando uma árvore dá o seu fruto

Ou a sombra na cabeça de alguém

Ou num ramo dar ninho a passarinho.

É bom quando uma árvore seja usada

Pela natureza, ou por mim ou por você

Para proteger ou abrigar vida

A árvore, ela nunca morre.

A árvore é a casa de alguém

Uma árvore é bom livro de alguém

Uma árvore nunca está sozinha,

Para conhecer uma árvore, tudo que você faz; é olhar.

É bom plantar uma árvore

É bom plantar uma semente

Para que um dia ela cultivada

Sendo árvore, seja saber.

Randy McClave

9 comentários

Filed under Arte, Blogosfera, Cidadania, Europa, gente, Loulé, Opinião, ssebastiao

9 responses to “Consternação e espanto!

  1. Lena

    Neste dia escolhido para este fim é bom que os louletanos tenham ficado convictos de que Loulé não pode continuar a fazer o que tem feito nestes últimos cinco anos. Derrubar, derrubar, derubar por todo o concelho as árvores amadas de muitos de nós.

  2. Lena

    Bem haja quem continua a lutar por estas causas. Lena

  3. iris

    Já vi que vários blogs do concelho não esqueceram a data designada para a homenagem. Viva a ÁRVORE !

  4. Terço

    Não podemos ser os carrascos da Natureza nossa Mãe. Terço

  5. Millord

    Alguns louletanos fanáticos dos seus donos não acharam grande piada à forma de chamar a atenção da população para este problema. Como eles gostariam que a autoridade interviesse na hora. Mas vivemos numa Sociedade Democrática meus senhores! Ainda não aprenderam?

  6. Zeca

    Como reagiram os agentes camarários ou não havia por ali ninguém? Zeca

  7. Venho por este meio felicitar os autores deste maravilhoso acto de cidadania ambiental na defesa do património arbóreo do concelho de loulé. Que pena não ter podido estar presente para fotografar in vivo aquilo que é um claro sinal de mudança de valores em relação aquilo que é verdadeiramente importante na vida de todos nós, a nossa qualidade de vida e do espaço em que habitamos. Fico feliz por ver os cidadãos da minha terra zelarem por aquilo que é pertença de todos nós.

    João Martins
    Blogue Macloulé

  8. Angariador

    É de louvar todo o trabalho que tem sido feito por todos os que defende as poucas árvores existentes no espaço citadino do concelho de Loulé. Já houve cortes de árvores em zonas residenciais do concelho. Vou falar sobre as da Avenida de Quarteira em que andou o Arquitecto Pedroso a colocar papeis nas árvores para não as cortarem com a intensão nobre que o abate não iria ser feito. Algumas foram abatidas dando lugar a mais parques de estacionamento que não foram feitos. Gostaria de ver a mesma equipa que lá andou a colocar os papeis nas árvores para não as abaterem, a fazer o mesmo no futuro parque de campismo que este arquitecto projectou e irá matar milhares de árvores para a execução do mesmo. Quando toca a GANHAR dinheiro ninguem é AMBIENTALISTA, ISTO É A VERGONHA DOS NOSSSOS DITOS PERSEVADORES DO MEIO AMBIENTE

    • Caro Angariador; já não é o primeiro comentário deste teor que aqui nos aparece… Separar a vida profissional da colectânea de valores que cada um preza é um bom princípio em qualquer análise séria. No caso que refere, identificando um técnico, Você analisa com má fé misturando o foro pessoal com o âmbito profissional. Clarificando: se no primeiro caso cada um pensa pela sua consciência e age em conformidade, no segundo atende e negoceia com parceiros e clientes (não manda), fornece serviço!
      Está explicada a sua má fé, a menos que você seja do tipo de trabalhadores que só faz aquilo que lhe apetece e não aquilo para que lhe pagam, sem se recear perder o emprego!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s