As Tílias, Cavaco e nós!


Enquanto as Tílias da Praça dedicada à República dão prova de vitalidade contradizendo o Relatório Técnico que determinou (?) o seu Abate…

Visita-se, em Loulé, a Exposição do Presidente da República em exercício!!

Aníbal Cavaco Silva, que ainda não anunciou candidatura e se mantém como o mais forte opositor ao Governo legitimado eleitoralmente, apresenta em Loulé um importante certame auto-promocinal pago pelos recursos nacionais…

Tem, durante este mandato de mais alto magistrado da Nação, dado nota de um tal vazio de ideias e de tão pouca capacidade de facilitar consensos que possibilita a qualquer de nós a ambição de lhe suceder.

Demérito dele ou mérito da crise? Só o Futuro trará resposta! Mas, manter o sépticismo face ao Governo e boicotá-lo a cada instante só pode conduzir ao descrédito do Presidente por, real, força de bloqueio.

Será que é esta a prometida “cooperação institucional”? Se é, antes não houvera!

11 comentários

Filed under Blogosfera, Cidadania, Eleições, gente, Loulé, Opinião, ssebastiao

11 responses to “As Tílias, Cavaco e nós!

  1. Filo

    Ainda lá não fui e a conduta de Sª Exª leva-me a que não tenha qualquer interesse por essa tal exposição de promoção de alguém que finge que não quer ser candidato. Irrita-me solenemente. O dinheiro nosso já está gasto.

  2. Goncinha

    Mais uma vez o Professor Almeida demonstra que é alguém que parece manter alguma seriedade naquilo que diz e aqui apresenta. Não é todos os dias que se encontra gente assim. Nota-se que não está de acordo com a actuação do futuro candidato Cavaco Silva mas mesmo assim levou os alunos a verem a exposição de promoção daquele senhor. Os meus parabéns!

  3. belga

    Li hoje algures num jornal do concelho que o Dr. Seruca já se sente incomodado por falarem tanto nas árvores. Diz que já deu todas as explicações possíveis no site da C. Municipal e “tralarlalarara”.
    E cá vamos cantando e rindo com este tipo de políticos que nos saíram na rifa. Entretanto amanhã “anda a roda”. Belga

  4. Tio

    Dizia uma prima minha que o que mais a tinha impressionado era o vestido da D. Maria Cavaca usado por ela no seu casamento no tempo em que as pardalitas usavam saiote. Ainda bem que ela encontrou alguma coisa de que gostasse verdadeiramente. Eu achei aquela rapariga da farda à entrada um tanto ou quanto sorumbática. Seria do vestido ou por pensar nas horas extraordinárias? Mas deixemos essas coisas e esperemos então pela candidatura do senhor de Boliqueime.

  5. Jota

    Alguém me sabe explicar porque é que à entrada da exposição se lê que Cavaco Silva nasceu em Loulé em vez de: nasceu em Boliqueme Concelho de Loulé? Terá mais protagonismo por isso?

  6. Alga

    E aquela coisa do Poço de Boliqueime ter desaparecido o que terá significado? Lembram-se de quando o Professor Aníbal era 1º Ministro no tempo em que a CEE mandava milhões e milhões por mês, que aquele nome desapareceu da placa lá em Boliqueime? Quem poderá desvendar este mistério?

  7. Caly

    As Tílias estão florindo na sua base como que se despedindo e alertando mais uma vez os homens do poder de Loulé do mal que fizeram.
    E a estas, centenas se juntarão pelo concelho dizendo da sua tristeza por terem sido liquidadas por um poder sem qualquer sensibilidade pela Natureza. A seguir plantam umas árvorezinhas para dizer que eles não são o que lhes chamam. E eu tenho vergonha aqui de dizer o que lhes chamam.

  8. Santo

    Não fui ver a Exposição do Presidente Silva, nem vou, por achar que é pura propaganda numa altura em que estão a aparecer as candidaturas enquanto ele diz que ainda não pensou no caso quando toda a gente sabe o contrário. Só por isso não ponho lá os pés.

  9. louletano

    Força CAVACO, mais uma vez, contra os “sérios”, “honestos” e “donos da verdade” um louletano vai ser Presidente da Republica! O meu voto já lhe esta destinado! E os Louletanos, mais uma vez, demonstrarão a sua admiração por aquele que foi sem duvidas, o melhor P. M. que Portugal conheceu ate hoje! Já agora, “gamaram-me” o gravador… alguém o viu??

  10. isabel

    Gostaria de dizer que foi uma feliz ideia levar os alunos à exposição. Independentemente das ideias políticas que possamos ter, não se dever desperdiçar essa possibilidade.
    São tão poucas as exposições que “descem” de Lisboa!
    Por exemplo muitos dos que nos visitam e vão a Sagres, ficam decepcionados por não encontrar lá nado do que existe do conhecimento geral sobre o início da era dos descobrimentos!

    Então aqui as pessoas que não podem viajar até à capital sempre têm oportunidade de ver algumas peças interessantes que permanecem no Museu da Presidência da República.

  11. Sardinha

    No dia da festa da Mãe Soberana visitei a exposição, e o mistério que tinha em relação a Boliqueme se era Fonte ou Poço foi esclarecida na Certidão de Nascimento do PR Sr Anibal Cavaco Silva, que nasceu em 15-07-1939 na freguesia de Boliqueme no sitio da Fonte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s