Cabeçadas!


Deste comandante da Armada que mandou bombardear o Palácio das Necessidades, fazendo fugir o Rei D. Manuel para Mafra e daí para Inglaterra, pouco haveria a memória dos seus conterrâneos guardar, apesar de ter ocupado a “cadeira presidencial” (!?), o conhecimento da sua personalidade continua escasso. Terá sido condenado ao olvido por não ter sido entendido?

O que resta da Residência! Foto:ssebastiao

Ora as Comemoração Concelhias do Centenário da República irão dar um forte contributo para o conhecimento do Homem que, além de ter sido o Primeiro Presidente da República oriundo de Loulé (Lagoa de Momprolé), foi decisivo na Queda da Monarquia e na Implantação da República…

“Mendes Cabeçadas e a Primeira República no Algarve” é a Exposição que estará patente no Convento de Sto António até 27 de Novembro e será inaugurada hoje pelas 19,00h!

22 comentários

Filed under Cidadania, Ensino, gente, História, Loulé, Património, Política Nacional, S. Sebastião, ssebastiao

22 responses to “Cabeçadas!

  1. Antes de mais; para que se não faça tarde, quero deixar uma opinião sobre o título desta Exposição arriscando vir a contradizer-me pois, como vocês, não a vi ainda: Acho que “no Algarve” está a mais e reduz o papel do Homem determinante na Vitória dos Revoltosos da Rotunda!
    Bairrismo ou escassez de informação? É o que trataremos de observar, dependendo daquilo que o Museu da Presidência cedeu, podemos estar a reduzir o “papel” deste Louletano ao olvido verificado durantes estes cem anos!!!
    Talvez, se eu me enganar, se acerte a memória e se dignifique o Mendes Cabeçadas Presidente e revoltoso contra a Monarquia… veremos!

  2. Gonçalo

    Basta ter sido alguém que lutou contra a monarquia para devermos tentar saber mais algo sobre este louletano. A Monarquia tratava os portugueses como seres de segunda. O sangue azul da Monarquia causa-me arrepios. Embora todos saibamos que os 1ºs anos da República não foram fáceis mas isso era natural.

  3. Republicano

    Viva a República!
    Mais de 20 monarquias europeias desapareceram no século 20, deixando apenas nove no poder.
    Os casamentos mistos trazem sangue novo às famílias reais, mas a maior ameaça para elas está em seu próprio seio. É a avidez do rei ou da rainha por aproximar-se do povo.

  4. Roi

    A Monarquia é um regime que tem classe. E deve haver diferença de classes como nas Monarquias. Não se obtém um título por ir ali à mercearia. Viva a Monarquia!

  5. Tina

    Se alguém me conseguir explicar a justeza de ocupar um lugar porque se é filho de alguém… eu agradecia. Há maior justeza de que o Povo escolher o seu Presidente de 5 em 5 anos? Por favor!!

  6. Aos que aqui aportam a Monarquia e os “títulos de nobreza” diremos que Loulé foi sempre “terra de Rei”, tal significa que as mercês pelo Rei concedidas estavam dependentes de suas ordens e controlo. Apesar disso houve títulos de Marquês e Conde, mas a maior parte do tempo foram as Ordenança Militares que dominaram as coisas diárias. Aí também houve misturas sanguíneas pouco recomendáveis e determinadas pela acumulação de riqueza!
    Esses tempos terminaram mas, infelizmente, permanecem poderes fundiários e financeiros que perturbam o Regime Republicano. Há também “títulos” adquiridos na “farinha Amparo” e em “estudos habilidosos”, reunidos, em geral, na Causa Monárquica, identificando a viatura azul escuro com o brasão real.
    Enfim: saudosismos! Por serem anacrónicos, menos prejudiciais que o saudosismo de Salazar, em nossa opinião. Mas ambos fora de tempo e bloqueadores do desenvolvimento da Democracia!

  7. Sardinha

    República de hoje tem diferenças da monarquia de ontem? Não defendo a monarquia mas comentários a dizer que a monarquia tratava o povo como cidadãos de segunda e os republicanos de hoje? Títulos de nobreza antes havia reis, princesas, conde, marquês, fidalgo e outras. Hoje temos titulos republicanos Ministros, deputados, gestores publicos, presidentes de câmaras, banqueiros, gestores de seguradoras tratam o povo como cidadãos de segunda ou terceira? E são eleitos pelo povo se fosse de nascimento como outrora vai lá vai………. o que mais me preocupa é o presente, passado é história……. e futuro não vislumbro nada!

  8. Álamo

    Eu respeito a História e os meus antepassados. Nada se pode mudar desse tempo. Mas a República é o sistema para mim que defenderei sempre.

  9. Millo

    Então Professor o que achou da Exposição de Mendes Cabeçadas? O homem que lutou contra a derrangada Monarquia. Este sim era um Republicano convicto. Millo

  10. Peter

    Depois da Ruína da Música Nova – Edifício – vem a ruína da Casa do ex Presidente da República Alm. Cabeçadas. Quantas outras estão para vir?

  11. Meu caro Millo; saiba que aquilo que vi me espantou não pela pessoa do Mendes Cabeçadas mas pela República!
    Estou a reflectir sobre o que deverei, em justiça, dizer… Mantenho que o título, sendo um compromisso com uma comemoração algarvia, que dá dinheiro, reduz a importância do Homem!
    Existem dois assuntos interessantes, ainda hoje, e lá documentados, a saber: O desvio da linha férrea para servir Loulé e a organização do território Concelhio, que merecem tratamento no Blog por serem, ainda hoje, actuais…
    Aconselhamos a visita atenta até porque esta exposição é bem melhor que a “anterior”, do ponto de vista Histórico e Político!

  12. Peter

    Sem duvida caro Professor que esta exposição tem muito mais interesse do que a do Presidente de Boliqueime, que foi uma antiga igreja de Stº António cheia de quase nada de valor histórico. E nada mais se esperaria, diga-se de passagem. Acho mesmo que até o próprio Stº António não deve ter gostado.

  13. Zeca

    Embora sendo Presidente por poucos dias, Cabeçadas mostrou ser um homem corajoso e de valores. Alguns monárquicos torcem o nariz. Outra coisa não seria de esperar. Viva a República !

  14. Gonçalo Nunes Barreto

    Ávidos de clareza e justos sempre foram os senhores de Loulé. Até no meu tempo quando não me pagavam o que deviam e associando-me com os meus filhos, lançávamos a morte e o desespero nas suas ruas. Mas hoje os tempos são outros, e quem destrói edifícios centenários inseridos na Zona Especial de Protecção das fortíssimas muralhas de Loulé – onde pernoitei muitas noites – não vai dar importância à casa de uma mera figura Histórica Republicana.
    Almeida, faz bem em denunciar mas apresente propostas para a casa e acredito que terá o apoio dos seus conterrâneos. Se não tiver, ao menos dorme de consciência tranquila sem ter que andar às cabeçadas durante a noite.

  15. Zeca

    Gostei do comentário de Gonçalo Nunes. Estou inteiramente com ele.
    Saudações amistosas.

  16. Tom

    Na Monarquia de Inglaterra a coisa começou já a arder com o novo Governo.
    Primeira baixa na coligação de direita britânica:

    «O secretário do Tesouro britânico, David Laws, pediu demissão neste sábado após a revelação de que ele teria recebido verbas públicas como deputado para pagar aluguer nas casas que dividiu com o namorado, dono dos imóveis.»

    A Direita anda à nora.

    Por Tomás Vasques

  17. Fonseca Galhão

    Por falar em Cabeçadas, já o PS se refez da cabeçada que deu em colocar JV como candidato???

  18. Olga

    Eu pensava que essa gente crente e cheia de fé como são as pessoas da Direita seja cá ou na Inglaterra não metessem o pé na argola. Vejam bem como as coisas são. Todos com os olhinhos em bico para o céu, de mão postas e o rabinho a arder… Esta agora é que eu não esperava. Já não voto no Senhor Passos Coelhote. Antes prefiro o Jerónimo que embora não ganhe votos arrasta multidões nas manifestações que afinal depois não lhe ligam nenhuma. O mundo está mesmo torto.

  19. Jota

    Bem, pelo menos em Inglaterra, têm a dignidade de se demitirem quando metem o pé na argola. Por aqui, os ditos de “esquerda”, metem as maiores argoladas e ainda se riem na cara do zé. Não à nada como ter os padrinhos e os Boys no sítio certo.

  20. “Gonçalo”; respondendo direi que, além de um busto ou lápide no local, uma limpeza daquilo que resta da propriedade e a pavimentação daqueles caminhos, a retirada de tanto entulho e, talvez, a elaboração de uma Toponímia relacionada com a vida e feitos de Mendes Cabeçadas não importariam em verbas muito elevadas e respeitariam o primeiro Presidente louletano, agora que se festeja o Centenário da República.

  21. Zarco

    Como falam de Inglaterra e das argoladas do Governo da Direita ainda com poucos dias de vida agora a Duquesa de York segundo li no C.Manhã parece que até o Príncipe ex marido queria vender por uma boa quantia. Caíu na esparrela de um jornalista e a Coroa Britanica está em polvorosa. Por cá os apoiantes do Snr. Prof. Cavaco, falo dos homens do tal Banco que fez o maior desfalque de que há memória em Portugal estão algures na sombra. Nem se fala neles. Bela imprensa e Independente. Dá gosto ler. Entretanto por cá a Casa do nosso ex Presid. Cabeçadas apesar de uma boa exposição que sobre ele está para visitar no Convento, está numa ruína pior do que o galinheiro da minha vizinha. Prof. Almeida continue a dar noticias da nossa terrinha.
    Ainda parece o único. Zarco

  22. Carlos Albino

    1.º – Loulé perdeu, em dado momento, a oportunidade de instalar na casa onde nasceu o Almirante Cabeçadas, um memorial da República e uma extensão do Museu do Museu da República. Perdeu porque não assumiu a proposta. Não cabe aqui explicar isso.

    2.º – O Almirate Cabeçadas foi apenas 26 dias Presidente porque aceitou negociar a sua renúncia para evitar uma guerra civil. Essa negociação decorreu na casa do que foi grão-mestre da maçonaria Ramon La Féria (pai) onde ficou acertado o nome de Carmona. Não cabe aqui explicar como isto tem sido abafado.

    3.º – O Almirante Cabeçadas, até à morte, foi sempre uma das maiores referências da oposição democrática, de uma coerência total, firmeza e coragem. Não cabe aqui explicar a mesquinhez dos que tentaram reduzir a sua memória ao nada. Alguns, de Loulé, colaboraram nisso por omissão e indiferença.

    Carlos Albino

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s