Cine Teatro em tempo de Cirurgia Estética!


Uma pintura nova devolve dignidade à Arquitectura e revela melhor o “traço” do seu autor!

Aqui, essa prática não se comprova, infelizmente, pelas razões que este texto pretende demonstrar em tempo de poderem ser feitas as correcções que a reposição da sua dignidade exige.

Fazêmo-lo agora para não termos que criticar mais tarde… Na verdade os dois Alçados do Cine Teatro Louletano necessitam de “Cirurgia Estética” que só Arquitectos sabem aplicar!

Vamos aos exemplos!

1- Tubos de Queda de Pluviais:

Não adianta disfarçá-los, ou os teríam passado para o interior ou, sendo o que são, seriam discretos e não volumes ridículos no paramento!

Vejamos este extremo caso…

Um remendo desvirtuante, criado no passado (por força de reparação de recurso), não encontrará melhor solução no presente!?

2- Ruas diferentes = Alçados diferentes:

Av. José da Costa Mealha

Rua Dr. Frutuoso da Silva

Não temos dúvida que a integridade do Edifício impõe que os “caldeiros” metálicos receptores sejam iguais. Isto, claro, a terem que continuar ali!

3- Ventilação de Sanitário(?):

Esta, então, é mesmo própria de anedota ou será que este “moderníssimo” ventilador foi classificado com “património a preservar”?

Para concluir esta fase inicial de opinião sobre as Obras de Requalificação do Cine Teatro Louletano vamos ficar por aquilo que todos os cidadãos passantes podem ver, e que, muito claramente demonstra que a “ninguém”(!?) foi confiada a preocupação com a conservação da dignidade do Edifício secular… Uma vez mais!

Uma vez mais, sim, foram os aspectos técnicos e de standartização que lideraram esta Renovação, como aliás não são (em Loulé), caso raro. Que melhor demonstração do que afirmamos esta estrutura metálica para ocultar ar condicionado?

Seria muito difícil alinhar um paralelipípedo com um cilíndro? Ou será que, simplesmente, ninguém pensou nisto?

Chamem um Arquitecto!!!!!! (ou vários)

12 comentários

Filed under Arte, Blogosfera, Cidadania, Loulé, Opinião, Património, ssebastiao

12 responses to “Cine Teatro em tempo de Cirurgia Estética!

  1. Este post é baseado em fotografias colhidas do exterior do edifício e foi produzido durante o meu almoço de hoje, ao ritmo das imagens que ia colocando, como é costume deste escriba. Verifiquei já no final de tarde a existência de alguma “gralhas” e duplicações que comprometiam a compreensão daquilo que senti ao escrever estas linhas públicas. Feitas as correcções continuo a achar que por muito bom texto que produzisse não vos conseguiria transmitir a irritação que isto me provoca.
    Resta-me desejar que não seja sempre assim… Que, enfim, acabe o desleixo e desprezo pela obra do Passado e que se gaste, finalmente, melhor os Recursos do Presente.
    Diz isto quem sabe e admite que erra e trata de corrigir os seus erros!

  2. Arquimwedes

    Bom post!
    O cinema está muito mais bonito. Por fora. Os defeitos justamente apontados estão ainda em tempo de os corrigir. Penso que o farão.

    Só uma coisa me faz espécie. Lá em cima do edifício o que é aquilo?
    Será o novo pombal do Dr. Madeira? Parece não parece?
    Arquimwedes

  3. Escalabitano

    Não tenho olho para esses pormenores. Só que me chamou a atenção é a tal estrutra de galinheiro no alto do edifício que torna a sua frente que é bonita numa coisa assim a dar para o foleirote..

  4. Anny

    Mas afinal sempre é um cine-teatro ou não tem cine? Segundo ouvi dizer, mas em Loulé nunca ninguém sabe nada das obras camarárias até ao final. Coisa única no país… O dinheiro é de todos mas não temos direito a saber de nada.

  5. Nilton

    Já não se pode com o amarelo. Tornou-se uma cor muito repetida por todo o lado. O rosa não teria sido a cor original? Ou eles têm receio que as pessoas se lembrem de algum partido? Com esta Câmara nunca se sabe são fanáticos até esse ponto. Uma tristeza. O Edifício construído
    há quase oitenta anos é um belo edifício. Espero que não o tenham destruído por dentro como o têm feito em alguns casos. Mas só depois de ver. O aspecto exterior está bonito aliás como foi idealizado há 80 anos. Quem seria o arquitecto?

  6. Sofredor

    Boas fotos. Está justificado o tempo de construção. Fazer bem todos nós tentamos fazer agora asneiras destas é dificil. Normalmente há derrapagens nos orçamentos publicos, nesta obra não houve? Porque empresas como esta que não têm qualidade no que fazem e está à vista pelas fotos, são as que ganham concursos publicos, e o interior que é obra dos deuses todos pagamos mas só no dia a seguir á inaguração é que sabemos e já agora o quartel de bombeiros de Quarteira outra derrapagem sem fim á vista, será por falta de técnicos na autarquia?

  7. Carlos Albino

    Não posso acreditar nas fotografias da fachada do Cine-Teatro. Isso não será montagem? Mas depois do que, no estilo Max-Mat, fizeram na fachada da Misericórdia (área protegida de monunemento nacional), não é de admirar que os arquitectos de agora revelem o síndrome dos antigos agentes técnicos o síndrome dos algerozes, o que é típico do provincianismo infantil.

    Carlos Albino (no Facebook)

  8. Anónimo

    Lindo, espectacular, do melhor que já se viu.
    Só mesmo em Loulé, terra de gente esperta que tarda em ver que as obras públicas são cada vez menos fiscalizadas.
    Será que da parte da Câmara ainda não viram o que o Prof Almeida e tanta gente já viu?
    Aquele H está demais, sugiro que seja pintado de verde flurescente e leve sinalização a indicar para cima.
    A explicação que vão dar deve ser que embeleza o edifício.
    Já agora Prof Almeida espreite por cima da vedação e verifique as pedras das cantarias. Parece-me que está lá uma bastante diferente das outras a não ser que a tenham mudado pois ouvi comentários sobre isso e reclamações ao pessoal que lá trabalha na obra.
    Júlio H, não é o da parede

  9. Lola

    Ora aqui está um modo de se utilizar em favor da população os erros praticados pelas Câmaras ou outras entidades. Eu não reparei em nada do que está indicado porque sou das que passam, olham e vão em frente sem reparar em pormenores. Isto não é dizer mal. É apenas melhorar o que pode ser melhorado. Se aquela gente aceitar. Todos sabemos o que a casa gasta…

  10. Templário

    Concordo com alguns comentários aqui explanados e morando em Loulé há muitos anos alguém dizia num comentário algures, que o concelho de Loulé não tem um único cinema neste momento. É inacreditável. Um dos maiores concelhos do país, com zonas turísticas de 1ª classe como Quinta do Lago, Vale do Lobo, Vilamoura, etc não ser possuidor de um cinema mesmo pequeno que seja. E ainda dizem que o bom doutor dos cartazes gigantes para culto da sua personalidade é um grande autarca.
    Terá mais um metro 90? Penso que não. E assim vai Loulé gastando dinheiro e mais dinheiro sem escutar a opinião da maioria e ouvindo sempre os da «panelinha de ferro furejado».

  11. Tito

    O edifício está bonito como aliás sempre o foi desde que construído há oitenta anos. Pensar que há uns anos atrás uns construtores afectos ao PSD queriam fazer do velho cinema um centro comercial e que muita gente se opôs e salvou o edifício.

  12. Jota

    É o ridículo das “modernices”. Assim não, agora só falta pôr galinhas no galinheiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s