Facebook… ideias em Alta Velocidade!


Deixamos uma parcela de um animado debate, no qual participámos e que versava o TGV (alta Velocidade) enquanto parte de um mais vasto plano estratégico para Portugal como Porta Europeia do comércio mundial de Mercadorias:

“Pois… é óbvio que eu não invoco o legado histórico português para justificar apenas um “comboio”, mas porque acredito genuinamente que Portugal não tem que se limitar a ser um estado ultra-periférico de uma qualquer região do globo… se o António leu bem os meus argumentos, eu falo de projectos integrados (dos quais fazem parte o tal comboio, mas também a formação e a saúde, e até as nossas relações com mundo); para além dos projectos está subentendido um diagnóstico e uma estratégia… Para isso é preciso haver mobilização e, sem a confiança nas e das nossas classes dirigentes (leia-se Homens do Leme), é muito difícil essa mobilização… e contudo há projectos… Sinceramente eu teria muita pena de ver o país a adiar permanentemente os seus projectos e a deixar passar mais uma oportunidade histórica para poder voltar a afirmar-se enquanto nação relevante. Curiosamente a tal ínclita geração, em tempos de enorme crise na Europa, viviam-se os tempos da Guerra dos Cem Anos e do pós-Peste, soube projectar o país e dar-lhe uma saída… temos pelo menos essa experiência… não eram homens perfeitos nem santos, mas tinham uma ideia de país… hoje não temos homens perfeitos nem muito menos santos, e já temos algumas ideias de país, só resta saber o que realmente queremos…”

Opinião de André Cunha Leal (cantor lírico no S. Carlos) em resposta a esta intervenção nossa:

“André; podes estar certo de uma coisa: Resulte ou não a tua teoria e isso, na verdade dependerá da nossa vontade sim, e dos Capitais Mundiais, a tua defesa foi até agora, aquela que me fez considerar seriamente a opção pelo sim ao TGV!
Contudo; meu amigo, eu considero também que para defesa de um Comboio não precisavas de nos trazer um Novo Infante D. Henrique!
Interessante a questão do Homem do Leme e dos Velhos do Restelo… Podemos ir por aí nesta discussão!”

Assim se prova que a diabolizada internet e as suas Redes Sociais são o forúm da discussão dos grandes assuntos da actualidade!

Deixe um comentário

Filed under Blogosfera, Cidadania, Política Nacional, ssebastiao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s