“ALGARVE PROTESTA” em marcha!


Contra o conformismo e pela plena dignidade dos Algarvios, acreditando que a teimosia se trava com a razão e a defesa dos direitos elementares das sociedades civilizadas, a Comissão de Utentes da Via do Infante acaba de associar-se ao grupo do Facebook “Algarve-Portagens na A22 Não!”  Juntas, organizarão a Marcha Lenta em torno dos acessos da A2 à Via do Infante durante a tarde do sábado 19 de Março.

Os organizadores aguardam a adesão dos restantes parceiros da Plataforma Contra Portagens no Algarve após terem apresentado a proposta, na passada sexta feira, em reunião na AMAL.

Tudo indica que o Algarve irá dizer claramente ao Governo e ao PSD que não está disposto a aceitar esta injusta e trágica medida!

O “sebastião” integra, desde a formação, a CUVI e, nessa qualidade, participará na divulgação e organização desde Mega Protesto de Revolta contra as portagens na única via viável da Região e convida todos os interessados a opinar e valorizar esta iniciativa.

1 Comentário

Filed under Algarve, Blogosfera, Cidadania, ssebastiao

One response to ““ALGARVE PROTESTA” em marcha!

  1. Dolvirin

    A propósito de outros protestos em que se juntam certa esquerda e toda a direita o BB diz-nos e bem: Baptista Bastos, Para que o não esqueçamos:

    ‘Comparar a obra do poeta às “cançonetas” “dos” Deolinda, como por aí se tenta, é um ultraje e uma demonstrada ignorância. Mas estas comparações não são ingénuas. Fazem parte do arsenal de apoucamento do Zeca, que um sector da vida portuguesa deseja, há muito promover. É desnecessário. A força, a qualidade do imenso trabalho criador do autor de “Traz outro amigo também” não sofre paralelismo com outro qualquer. O que não passa de uma funçanata divertida e trôpega dificilmente poderá ser levada a sério e entendida como “intervenção social e ideológica.” As comparações são propositadamente estabelecidas (inclusive por alguma Imprensa desprezível) para fomentar a confusão e enganar tolos. A estratégia não é nova. Ainda há quem não perdoe a Zeca Afonso a magnitude do seu talento e o cariz de uma arte que sempre recusou o panfleto sem desprezar a intenção de revolta.’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s