de + e – no Carnaval de Loulé!


A diversidade e alegria que grupos e foliões trazem à festa renova-a, bem precisada está disso, como forma de sair da rotina tão evidente.

Sim, pode haver dança… mas, não, não tem que haver baia. Horríveis baias, são mais um sinal da governamentalização da festa!

Sensibilidade e Criatividade somadas à Promoção, podem ser a solução para a nova fase que vai ficar a cargo de uma nova geração…

… que não esta, felizmente!

Para que o Carnaval de Loulé seja, para toda a gente…

… é preciso que a Via do Infante não atrase a gente!

5 comentários

Filed under Algarve, Cidadania, Fotografia, Loulé, Opinião, Política Nacional, ssebastiao

5 responses to “de + e – no Carnaval de Loulé!

  1. Dizem-nos da Tôr que a receita das entradas no Corso, amanhã, revertem para a Associação Social e Cultural da Tôr e, nós, apelamos à vossa presença no 3º dia (o grande)!

  2. Prof.

    Carnaval precisa de renovação é verdade. Os carros ainda é o que nos diferencia um pouco dos outros. De resto de uma ponta a outra de Portugal é a mesma coisa. Portuguesas vestidas de brasileiras a tiritar com frio e o resto que se sabe. Que se renove como diz o Professor mas com gente com ideias e talento e não Deolindas de última hora ou mesmo atrasos de vida como os que ganharam o Festival cantando e tocando mal e ainda por cima plagiando cantigas do Prec. Será difícil aproveitar os séniors bons e colocar jovens de 1ª.?

    \Prof. ERSU

  3. Rios

    Parece que está convocada, via redes sociais, uma manifestação popular contra a classe política, contra os partidos, e, portanto, contra o actual modelo político da democracia em Portugal. Não é que não haja motivos para criticar os partidos, todos; há-os e muitos. Mas a hostilidade para com os partidos tem sido, historicamente, o tempero com que os fascismos, venham eles de onde vierem, seduzem o paladar das populações. E essa sedução poderá ser, até involuntariamente, a face oculta do referido protesto. Rui Herbon, Jugular.

  4. Marco

    Numa altura em que se apontam criticas à classe politica nomeadamente a todos os partidos porque será que no Carnaval de Loulé o maior partido da oposição não teve direito a critica? Ouvi essa conversa a alguns amigos. São sempre os mesmo a levarem bordoada. Acho bem a crítica mas a politica do PSD está fora do país? Vivem noutro mundo que não o nosso? Estão à espera que os tempos mudem para depois aparecerem vestidos de Stº Gervásio? É este o tal Carnaval “que não tem rival”? A gente ri agora ou no 1º de Abril?

  5. Nilton

    É a esquerda folclórica que nos tocou neste cu do mundo, com tão pouco respeito próprio, ou já em delírio de privação, que até dá vivas a quem goza com ela e enche o bolso no avacalhanço. E depois o capitalismo é que está a dar as últimas, berram trôpegos uns para os outros à volta da fogueira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s