Algarve – Andaluzia…


 

Dando continuidade ao Protesto contra as Portagens na Via do Infante (A22), a Plataforma Contra as Portagens no Algarve, que congrega os Municípios, Associações Empresarias, Federações Sindicais, Comissões e Grupos algarvios vai, numa demonstração de civismo determinado e esclarecido, assinalar o carácter transnacional e ibérico da Via do Infante, na qual se situa a Ponte do Guadiana… que no Sul da Península, une Portugal e Espanha.

Esta ação integra-se na Jornada Nacional de Luta contra as Portagens nas SCUT’s pretendendo realçar a diferenciação das políticas viárias dos dois paises ibéricos e comunitários, enquanto se aguarda a resposta da Comissão Europeia ao pedido de parecer elaborado por dois eurodeputados espanhóis.

O Primeiro Ministro demissionário não é o único defensor desta errada medida, aliás afirmou ter sido forçado a tomá-la pelo, agora, candidato ao lugar. Faz, por isso, todo o sentido prosseguir este Protesto!

5 comentários

Filed under Algarve, Blogosfera, Cidadania, ssebastiao

5 responses to “Algarve – Andaluzia…

  1. Encontrámos esta opinião de Gabriel Lima:
    “Sou vendedor profissional em todo o Algarve e ciclista de hobbie. Conheço cada metro da EN125 e Via o Infante. Não falando do tráfego que irá entupir (mesmo para quem usar a “A22″ terá que sair dela e encontrar o caos), a falta de marcações na EN125, os carros parados no meio da faixa de rodagem para virar è esquerda, os desesperados que saiam dos imensos stands para cruzar a estrada á esquerda, cruzamentos sem semáforos impossíveis de atravessar como o de Pêra que ainda por cima dá acesso à A22, zonas de abrandamento em quase toda a extensão, atravessamentos de localidades como Olhão, Faro, Luz Tavira, Odiáxere, Alcantarilha, Lagoa, Patã, Poço de Boliqueime etc etc… simplesmente farão com seres humanos sejam assassinados na estrada! Na semana da Páscoa tiraremos as primeiras conclusões! E atenção… estradas como as que ligam Ferreira, Algoz, Silves com tremendas rectas de piso péssimo, ou a estradas que liga Boliqueime; Loulé, S.Brás, Tavira também serão barris de pólvora!! E de pensar que centenas de pessoas que como eu gostam de pedalar nessas secundárias estradas aumentarão em muito a probabilidade de serem atropelados até arrepia! Agosto nem quero imaginar… penso mesmo que haverá problemas tão graves que terão de abolir as portagens!!! E os nuestros hermanos porque carga de agua terão que pagar por uma estrada que foi feita em grande parte com fundos comunitários?! Os estrangeiros que alugarem um carro no aeroporto? E as empresas que transportam pessoas e serviços, além de pagarem ainda irão baixar a produtividade em virtude das demoras? As pessoas que trabalham longe de casa? Os transportes públicos terão faixas próprias para circular ou passarão também eles a demorar mais nos trajectos? O Comboio? Que imagem levarão para os países de origem os que nos visitam? Será que recomendarão aos amigos visitar o Algarve? Cada vez é menos Europa e mais África!”

  2. É óbvio que faz sentido prosseguir o protesto. Ele só pode parar quando os políticos deixarem de lado a ideia das portagens. E alguém vai ter que explicar ao Eng. Macário Correia (que anda a brincar com os algarvios, uma vez que deve pensar que estes são parvos) que a condição não é a requalificação da EN 125. A EN 125 não é requalificável. Só quem não tem dois palmos de testa não constatará uma coisa destas. Parabéns pela determinação. Isso sim, é coragem e determinação.
    João Martins

  3. Adan

    Macário Correia continua a ser aquela bomba balofa que todos conhecemos. Ideias zero. Vaidade cem. O seu chefe máximo vai já lançar um livrinho contando o seu passado ????????????. Vejam:
    Vai ser publicada uma biografia (autorizada) de Pedro Passos Coelho intitulada “Um homem invulgar”. Nem se entende por que foram tão modestos: “Um estadista” parecia um título bem mais adequado. Mas as surpresas não acabam aqui. Passos Coelho não arranjou ninguém melhor para o louvar do que Felícia Cabrita, essa mesma.

    Registe-se que Marcelo Rebelo de Sousa, segundo o Expresso, não aceitou — nem sequer na sua qualidade de Prof. Marcelo — escrever o prefácio do “livro”. Faz lembrar a história dos ex-presidentes do PSD que recusaram que fossem usadas fotografias suas num cartaz de campanha de Santana Lopes.

    Publicado por Miguel Abrantes in Câmara Corporativa

  4. Beja

    Essa do livrinho está boa. Nem o grande Professor de massas Marcelo quis assinar o prefácio. A coisa promete meus senhores. A coisa promete. Beja

  5. Santos & Santinhos

    Será que Cavaco não tem uma palavra a dizer sobre isto?
    Pelo menos sobre outras coisas o seu site está na linha da frente.
    O facto de ter aparecido no website da Presidência a notícia do pedido de demissão do Primeiro-Ministro ainda antes deste o ter anunciado ao País, significa que em breve Cavaco poderá começar a publicar outros furos jornalísticos, incluindo o nome do próximo treinador do Sporting? (Aspirina B)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s